ARTIGOS

Você está em - Home - Artigos - Previsão de aborto e natimorto em 11-13 semanas e a contribuição da biópsia de vilo corial

Previsão de aborto e natimorto em 11-13 semanas e a contribuição da biópsia de vilo corial



Para derivar modelos para estimar o risco de aborto e natimorto de características maternas e os resultados no primeiro trimestre de triagem de aneuploidias e para definir o risco relacionada ao procedimento de biópsia de vilo corial (BVC) após o ajuste para estes fatores.
Foram examinados 33 856 gestações únicas menos 11 +0 a 13 6 semanas, e em 2396 CVS foi realizada. A análise de regressão logística foi utilizada para examinar os fatores que contribuem para o aborto e natimorto.
Havia 33 310 (98,4%) nascidos vivos, 404 (1,2%) abortos e 142 (0,4%) natimortos. Modelos que combinam as características maternas, da translucência nucal, a gravidez associada à proteína plasmática-A (PAPP-A) e de fluxo no ducto venoso detectado 36,9% de abortos espontâneos e 35,2% de natimortos, em 10% taxa de falso-positivos. O risco de aborto e natimortos aumentou com a idade materna e peso, em mulheres de origem racial Africano, naqueles com abortos anteriores ou natimortos e naqueles com baixos níveis séricos de PAPP-A e reverteu uma onda no ducto venoso. O risco de aborto espontâneo em mulheres com diabetes pré-existentes, diabetes naqueles conceber a indução da ovulação-drogas e naqueles com translucência nucal fetal alta, eo risco de morte fetal em mulheres com hipertensão crônica e em indivíduos tabagistas. O número esperado de abortos e natimortos no grupo CVS e os modelos derivados do grupo não-CVS foram de 45 (intervalos de 95% de previsão 32-58) e 18 (intervalos de 95% de previsão 9-26), respectivamente. Estes números esperados não foram significativamente diferentes dos observados 44 e 15 casos ( p = 0,881 e 0,480), respectivamente.
Uma elevada proporção de perdas fetais pode ser previsto, entre 11 a 13 semanas. Um modelo para tais predições pode ser usado para avaliar os riscos relacionados com o procedimento do CVS. 

Fonte: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21210479

VEJA TAMBÉM:

  • Relação de interligam comprimento cabeça-nádega discrepância de corionicidade, morte fetal e discordância peso ao nascer.
  • Previsão de aborto e natimorto em 11-13 semanas e a contribuição da biópsia de vilo corial


  • Texto Original



    To derive models for estimating risk of miscarriage and stillbirth from maternal characteristics and findings of first-trimester screening for aneuploidies and to define the procedure-related risk of chorionic villus sampling (CVS) after adjusting for these factors.
    We examined 33 856 singleton pregnancies at 11 +0 to 13 +6 weeks, and in 2396 CVS was carried out.Logistic regression analysis was used to examine the factors contributing to miscarriage and stillbirth.
    There were 33 310 (98.4%) livebirths, 404 (1.2%) miscarriages and 142 (0.4%) stillbirths.Models combining maternal characteristics, nuchal translucency, pregnancy-associated plasma protein-A (PAPP-A) and flow in the ductus venosus detected 36.9% of miscarriages and 35.2% of stillbirths, at a 10% false-positive rate.The risk of miscarriage and stillbirth increased with maternal age and weight, in women of African racial origin, in those with previous miscarriages or stillbirths and in those with low serum PAPP-A and reversed A-wave in the ductus venosus.The risk of miscarriage increased in women with pre-existing diabetes mellitus, in those conceiving on ovulation-induction drugs and in those with high fetal nuchal translucency, and the risk of stillbirth increased in women with chronic hypertension and in cigarette smokers.
    The expected number of miscarriages and stillbirths in the CVS group and the models derived from the non-CVS group were 45 (95% prediction intervals 32–58) and 18 (95% prediction intervals 9–26), respectively.These expected numbers were not significantly different from the observed 44 and 15 cases ( p = 0.881 and 0.480), respectively.
    A high proportion of fetal losses can be predicted at 11 to 13 weeks.A model for such predictions can be used to assess the procedure-related risks from CVS.


    VEJA TAMBÉM:

  • TECNOLOGIAS DE IMAGEM ULTRA-SOM PARA A DETECÇÃO E GESTÃO DE CÂNCER DE MAMA - UMA REVISÃO
  • Resultados gestacionais adversos depois de uma tela de falso-positivo para a síndrome de Down usando múltiplos marcadores.