ARTIGOS

Você está em - Home - Artigos - Efeito temporal da raça afro-caribenha em soro gravidez associada à proteína plasmática-a em uma gestação de 9-13 semanas no rastreamento de aneuploidias.

Efeito temporal da raça afro-caribenha em soro gravidez associada à proteína plasmática-a em uma gestação de 9-13 semanas no rastreamento de aneuploidias.



OBJETIVO:
Foi o objetivo deste estudo investigar as características da gravidez que influenciam as concentrações medidas de soro materno livre β-gonadotrofina coriônica humana (β-hCG) e da gravidez associada proteína plasmática-A (PAPP-A) a 9 (0 ) -13 (6) semanas de gestação.
MÉTODOS:
Em gestações únicas presentes para cuidados de rotina, sem soro β-hCG e PAPP-A foram medidos em 9 (0) -13 (6) semanas de gestação e de translucência da nuca fetal foi medida a 11 (0) -13 (6) semanas. A população incluiu 27.908 cromossomicamente normal e 104 trissomia 21 gestações. A análise de regressão múltipla foi utilizado para examinar as características de gravidez que têm um efeito significativo sobre as concentrações medidas de β-hCG livre e PAPP-A. Nós também examinou o impacto da incorporação de efeitos temporais sobre o desempenho do rastreamento de trissomia 21.
RESULTADOS:
Sem soro β-hCG e PAPP-A concentrações foram significativamente afetados pela idade gestacional, peso materno, origem racial, paridade, preexistente diabetes mellitus tipo 2, tabagismo e concepção por fertilização in vitro. Houve um significativo efeito dependente da idade gestacional de afro-caribenha corrida em níveis de PAPP-A (p = 0,0005), com um aumento semanal de 4,9% (IC 95% 2,1-7,8).
CONCLUSÕES:
Sem soro β-hCG e PAPP-A concentração às 9 (0) -13 (seis) semanas de gestação são afetados por várias características de gestação e os efeitos da afro-caribenha corrida em PAPP-A aumenta com a idade gestacional.

Fonte: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=%22Temporal+Effect+of+Afro-Caribbean+Race+on+Serum+Pregnancy-Associated+Plasma+Protein-A+at+9-13+Weeks'+Gestation+in+Screening+for+Aneuploidies.%22

VEJA TAMBÉM:

  • Índice de Massa Corporal nas Semanas 11-13 ' As complicações da gestação e gravidez
  • Estudo sobre a aplicabilidade do ângulo facial frontomaxillary no primeiro trimestre trissomia 21 fetos em população chinesa.


  • Texto Original



    OBJECTIVE:
    It was the aim of this study to investigate the pregnancy characteristics that influence the measured concentrations of maternal serum-free β-human chorionic gonadotropin (β-hCG) and pregnancy-associated plasma protein-A (PAPP-A) at 9(+0)-13(+6) weeks' gestation.
    METHODS:
    In singleton pregnancies attending for routine care, serum-free β-hCG and PAPP-A were measured at 9(+0)-13(+6) weeks' gestation and fetal nuchal translucency was measured at 11(+0)-13(+6) weeks. The population included 27,908 chromosomally normal and 104 trisomy 21 pregnancies. Multiple regression analysis was used to examine the pregnancy characteristics that have a significant effect on the measured concentrations of free β-hCG and PAPP-A. We also examined the impact of incorporating temporal effects on performance of screening for trisomy 21.
    RESULTS:
    Serum-free β-hCG and PAPP-A concentrations were significantly affected by gestational age, maternal weight, racial origin, parity, preexisting diabetes mellitus type 2, smoking and conception by in vitro fertilization. There was a significant gestational age-dependent effect of Afro-Caribbean race on PAPP-A levels (p = 0.0005), with a weekly increase of 4.9% (95% CI 2.1-7.8).
    CONCLUSIONS:
    Serum-free β-hCG and PAPP-A concentrations at 9(+0)-13(+6) weeks' gestation are affected by several pregnancy characteristics and the effect of Afro-Caribbean race on PAPP-A increases with gestational age.


    VEJA TAMBÉM:

  • Tomografia de coerência óptica
  • Triagem da Síndrome de Down em gêmeos