ARTIGOS

Você está em - Home - Artigos - Soro materno alfa-fetoproteína em gravidez normal de uma gestação de 11-13 semanas

Soro materno alfa-fetoproteína em gravidez normal de uma gestação de 11-13 semanas



Para estabelecer uma distribuição de referência de soro materno alfa-fetoproteína (AFP) em uma gestação de 11-13 semanas e definir a contribuição de variáveis ​​maternas que influenciam a concentração medida de AFP.
A concentração sérica de AFP em 11-13 semanas foi medido em 1.500 gestações únicas que não foram complicadas por distúrbios hipertensivos ou diabetes mellitus e resultou no nascimento ao vivo em ou após 37 semanas de recém-nascidos fenotipicamente normais com peso ao nascer acima do quinto e abaixo do 95 percentil. A análise de regressão múltipla foi usada para explicar características maternas que influenciam a concentração medida de AFP e uma distribuição de múltiplos de log da mediana (MoM) valores foi montado.
Log (10) AFP aumentou com a idade gestacional, com redução de peso materno e foi significativamente afetada pela origem racial materno, tabagismo e método de concepção. Comparado com valores em mulheres brancas que eram não-fumantes e concebido de forma espontânea, MoM AFP foi em média 23% maior em afro-caribenhos e 8% mais baixa no leste asiáticos, 11% maior em fumantes e 10% maior entre aqueles conceber por in vitro fertilização.
Em gestações normais nas semanas 11-13, soro AFP aumenta com a idade gestacional e é afetado por raça materna, peso, tabagismo e método de concepção.

Fonte: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22156386

VEJA TAMBÉM:

  • Materna sem soro beta-hCG em 10 a 14 semanas de gestação em trissômicas gestações gemelares.
  • Triagem para restrição do crescimento pré-eclampsia e fetal pelo Doppler das artérias uterinas e PAPP-A em uma gestação de 11-14 semanas.


  • Texto Original



    To establish a reference distribution of maternal serum alpha-fetoprotein (AFP) at 11-13 weeks' gestation and define the contribution of maternal variables that influence the measured concentration of AFP.
    Serum concentration of AFP at 11-13 weeks was measured in 1,500 singleton pregnancies which were not complicated by hypertensive disorders or diabetes mellitus and resulted in the live birth at or after 37 weeks of phenotypically normal neonates with birth weights above the 5th and below the 95th percentile.Multiple regression analysis was used to account for maternal characteristics that influence the measured concentration of AFP and a distribution of log multiples of the median (MoM) values was fitted
    Log(10) AFP increased with gestational age, decreased with maternal weight and was significantly affected by maternal racial origin, smoking status and method of conception.Compared with values in Caucasian women who were non-smokers and conceived spontaneously, AFP MoM was on average 23% higher in Afro-Caribbeans and 8% lower in East Asians, 11% higher in smokers and 10% higher in those conceiving by in vitro fertilization.
    In normal pregnancies at 11-13 weeks, serum AFP increases with gestational age and is affected by maternal race, weight, smoking status and method of conception.


    VEJA TAMBÉM:

  • Imagens Moleculares Ultrassônicas de Aterosclerose para Diagnóstico Precoce e Avaliação Terapêutica através de Microbolhas de Múltiplos Objetivos de Tipo Leucocitário
  • Triagem para trissomia 21 por idade materna, translucência nucal e bioquímica sérica materna em 11-14 semanas: um estudo multicêntrico na Alemanha.